A moda de 2015 em números

Em 2015, o mundo da moda assistiu MUITAS mudanças. Marcas surgiram,  marcas fecharam, modelos estouraram, modelos deram adeus às passarelas, investimentos de todos os lugares do mundo foram feitos, além de muita, mas muita dança das cadeiras nos mais altos postos do mercado. Olhando pra trás, resumi os principais fatos que marcaram a moda em 2015, e os números que fizeram a roda fashion girar mais uma vez, pro bem ou pro mal.

gucci-diretor-cria.tivo-alessandro-michele-111 estreias de peso. O ano começou com a volta de John Galliano ao mundo da moda, na Maison Margiela. Teve Peter Dundas na Cavalli, Maximo Gioretti assumindo a Pucci, Demna Gvsalia, na Balenciaga, os meninos da Public School, na DKNY, Nadìge Vanhee, na Hermès, Peter Coping, na Oscar de La RentaKanye West na Adidas e Guilhaume Henry, na Nina Ricci. Mas, o que chamou a atenção mesmo foi a entrada revolucionária de Alessandro Michele na Gucci. Menos de 1 ano após assumir o cargo, já redefiniu a estética da casa e quem é o novo consumidor Gucci. Pra completar, ganhou o Brit Award (Oscar da moda) de Designer do Ano.

raf-simons-leaving-christian-dior-006 demissões bombásticas. No topo da lista, está a saída – voluntária, aliás – de Raf Simons, da Dior, a despeito da excelente fase do designer e da grife (quem lembra do filme retratando a primeira coleção de Raf na Dior?). Ainda entre as bombas, teve Albez Elbaz, deixando a Lanvin e Alexander Wang deixando a Balenciaga – ambos se demitiram. A top maquiadora Gucci Westerman deixou a Revlon, Rebeka Bay saiu da GAP (que agora não tem mais o cargo de diretor criativo) e Donna Karan, que saiu (devida a péssima fase) das suas duas próprias grifes, Donna Karan e DKNY.

A-Girl-A-Style_-Jonathan-Saunders-1n12 grifes fecharam. Jonathan Saunders (surpreendendo a todos, já que havia acabado de receber investimentos), Reed Krakoff, Band of Outsiders, Coperni (fechou porque seus jovens designers assumiram a Courrèges – um dos melhores revivals dos últimos tempos). Marc by Marc Jacobs, Burberry Prorsum, Burberry Brit, Burberry London e Kate Spade Saturday fecharam oficialmente, mas, na prática só incorporaram às suas respectivas maisons-mãe. No caminho inverso, Donna Karan fechou as portas, com a saída de sua fundadora, restando só a DKNY (Donna Karan New York), que passou a ser comandada pelos designers da Public School.

15abr2015---cercada-por-outras-tops-como-carol-ribeiro-e-fernanda-tavares-gisele-bundchen-encerra-o-desfile-da-colcci-no-spfw---o-ultimo-de-sua-carreira-1429183724168_750x500l180km. Foi o que Gisele andou em passarelas antes de se aposentar, em abril. 180km. De salto.

d6 ícones da moda fizeram aniversários importantes, em 2015. Giorgio Armani brindou aos 40 anos do seu império, Gisele Bündchen completou 2 décadas de carreira, assim como o SPFW. Alexander Wang comemorou 10 anos de sua marca homônima e Riccardo Tisci 10 anos a frente da Givenchy, ambos com mega desfile em NY. A Vogue Brasil também chegou aos  40 anos. Pra comemorar, escalou Gisele e Giovanni Bianco em edição histórica.

kim-kardashian-ceaç12 coleções assinadas de fast-fashion brasileiro. 2015 definitivamente foi o ano das colaborações entre grifes ou celebridades e as gigantes do fast-fashion brasileiro. A C&A definitivamente está numa fase parcerias, com 10 coleções ao todo: Maria Filó, Isabela Capetto, NK Store, Lala Rudge, Matthew Williamson, Mixed, Reserva, Blue Man e a tão comentada coleção com Kim K., que trouxe a musa pra causar aqui na terrinha. Já a Riachuelo, chamou Camila Coutinho pra montar a mala perfeita pro verão e fez história com Lethicia Broinstein, ao fazer pela primeira vez, fast-fashion sob encomenda e colocar um vestido da coleção no tapete vermelho do Oscar!

VS15C1RW1_6974-1542x1028116 mudanças no casting da Victoria’s Secret. Enquanto Miranda Kerr, Karlie Kloss, Erin Heatherton e Doutzen Kroes penduraram as asas e 10 novas meninas assinaram o contrato de Angel com a VS (Kate Grigorieva, Elsa Hosk, Taylor Hill, Laís Ribeiro, Sara Sampaio, Martha Hunt, Stella Maxwell, Jac Jagaciak, Jasmine Tookes e Romee Strijid), Kendall Jenner e Gigi Hadid deram o que falar em sua estréia no desfile desse ano.

tumblr_inline_nv8oj29okq1r105dn_1280l28 minutos. Foi o necessário pra que se esgotasse online a coleção Balmain x H&M. Enquanto isso, nas 250 lojas da rede suéca espalhadas pelo mundo, filas quilométricas, gritaria e muita confusão.

0615-WSJ-MarketReport-03 [PU]_143F9E64B95_2253556;5k158 desfiles. Foi o que a neotop estoniana Alexandra Elizabeth Ljadov fez pra ser a recordista da temporada, segundo o site models.com. Nos EUA ela é representada pela agência The Society Management.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s