Dior e Eu

20150820-modmove_nakedprgirl_dior_and_i_movie

Eae manos, já sabem o que fazer no feriado (além da velha jaca de sempre)?? Que tal ir ao cinema, assistir um filminho maroto bem maravilhoso (não, não é coisa de velho)?

Hoje, fui assistir o comentado documentário Dior & I, de Frédéric Tcheng, que mostra a chegada de Raf Simons à maison e todo o processo de criação da sua primeira coleção – até o momento em que Raf recebe os pais, após o desfile.

Pra entender todo o zum zum zum sobre isso é preciso entender sob quais circunstâncias ele assume a grife: Em 2011, o então diretor criativo da Dior, o mito John Galliano se envolve em uma polêmica hard, é acusado de anti-semitismo e demitido imediatamente (a treta foi na segunda, na terça ele foi demitido). Ninguém podia esperar. John Galliano era o tipo que só sairia de uma grife quando quisesse. Era genial, revolucionário; Tinha uma galera que até chorava de emoção nos desfiles dele. A Dior então passou um ano sem diretor criativo oficial, até que Raf foi anunciado. Toda vez que um estilista sai de uma grande grife, a imprensa especula listas de nomes de possíveis candidatos ao cargo – o belga não estava em nenhuma delas. Então, olha a pressão: Comandar uma das principais maisons de todos os tempos, histórica (só esse fator já é punk), substituir um ícone aclamado, assumir no meio de uma tensão que durou 1 ano e criar sua primeira coleção de alta costura na vida (Raf nunca tinha feito couture) em 8 semanas (normalmente, se tem de 4 a 6 meses pra se fazer uma coleção). Além disso tudo, provar a mídia que ao contrário do que se pensava, ele era o diretor criativo certo pra Dior. Apenaxxxx hehe

Dior-and-I-2-Vogue-26Feb15-pr_b

Beeem mais realista que outros documentários/filmes do gênero, Dior e Eu é emocionante, lindo e feito pra agradar muito mais do que ao público fashion. É mei tenso, emocionante (no fim, tinham umas senhorinhas chorando no cinema kkkk) e muito lindo de se ver. Afinal, não é todo dia que se vê um cara muito incrível, visionário, criativo e acima de tudo super sensível e “humano” em ação – de verdade. Além de, claro, todo o glamour que envolve o mundo das marcas de luxo, né!?

Deu prazer de ver! Recomendo reaaaaaal!!!

É isso, galera! Assistam que vale a pena.

*O ruim é que por ser um docu-filme muito nicho, aqui em Recife só está no ar no Cine Rosa & Silva :(.

MR.

dior-e-eu-filme-2

Serviço:

Cine Rosa & Silva – Shopping ETC | Av. Cons. Rosa & Silva, 1460 | Graças, Recife.

– Sessões às 16:20h; 18:40h e 20:50h.

Um comentário sobre “Dior e Eu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s